Como falar outros idiomas pode ajudar a economizar nas férias

marbella-iii-estudiantes


Sabia que ser bilíngue pode ajudar a economizar nas viagens? Descubra como.

De fato, quem é bilíngue, trilíngue ou poliglota não precisa se preocupar quando vai viajar para fora do Brasil. Sabemos que as férias são o período mais esperado depois de um ano atordoado e cheio de trabalho. Depois de uma rotina dura e de meses fazendo dinheiro, a vontade de tentar algo novo é grande e muita gente aproveita para fazer uma viagem. Qual é a pessoa que não sente vontade de ficar algumas semanas longe da rotina para vestir roupas de um turista estrangeiro?

O problema é que, junto dessa empolgação toda, vem a fatura do crédito, que chegará, provavelmente, quando você não estiver mais de férias. O fato é que, se você não fala idiomas, os gastos serão muito maiores. Antes de pensar em pegar o próximo avião, o ideal é fazer umas aulinhas, sejam elas através de uma escola de idiomas, plataformas de estudos de idiomas (https://preply.com/pt/aulas-ingl%C3%AAs-online), que oferecem aulas de inglês online, além de aplicativos de smartphones que ajudam a manter a prática constante do idioma. Esses são apenas alguns dos métodos mais práticos e acessíveis para o aprendizado de uma nova língua, além, claro, do método tradicional – através de livros.

Se você ainda não se convenceu e acha que não vale a pena aprender idiomas, veja abaixo 3 razões para você começar a estudar idiomas e preparar-se para as férias:

Economize desde os primeiros passos
Saber falar algumas frases ou ter um conhecimento intermediário em outro idioma já ajuda a economizar consideravelmente na hora de reservar voos ou hotéis. Site de buscadores e empresas maiores estão disponíveis em muitas línguas, mas, quase sempre, a página dos hotéis menores e perfeitos para quem quer economizar não está disponível em sua língua e você acaba deixando de comprar as melhores opções por falta de conhecimento em idiomas como o inglês e o espanhol, por exemplo.

Táxi? Ou qualquer outro meio de transporte?
Chegar em uma cidade estranha pode deixar qualquer um inseguro, especialmente quando você não fala a língua do destino. Ter que lidar com mapas, linhas de metrô e outras coisas que fazem parte de qualquer cidade grande pode ser frustrante para quem não fala línguas, que fica dependente de um táxi. E é claro, o preço do táxi é quase sempre lá nas alturas. Quando você consegue comunicar-se na língua, pode optar por diversos outros meios de transporte, como os coletivos ou até alugar bicicletas e pegar caronas com outros turistas. Além do tour pesar menos no bolso, você acaba conhecendo muito mais da cidade.

Comer em restaurantes e comprar lembrancinhas
Quando você fala outro idioma, torna-se capaz de se comunicar com os nativos ou mesmo com outros turistas, trocar figurinhas e, consequentemente, aproveitar muito mais do que o país tem. Se você gosta de provar novos pratos, mas não consegue pedir indicações ao garçom, vai acabar escolhendo qualquer coisa e pode deixar de provar pratos muito melhores. Sair para comprar as famosas lembrancinhas também será muito mais agradável, pois você poderá barganhar preços, perguntar sobre as tipicidades do país e levar para casa algo que de fato valha a pena. E aí, ainda está pensando se aprende ou não outra língua?

 

Deixe uma resposta